a negação do Neguinho

30, maio 30-03:00 2007 às 12:05 pm | Publicado em cotidiano | 9 Comentários

camisetas.jpg

Provavelmente você já deve ter ouvido (lido ou visto) algo sobre o projeto que a BBC Brasil está realizando: Raízes Afro-Brasileiras. O projeto é baseado nos estudos do geneticista Sérgio Pena da UFMG e entre outras coisas, traça o perfil genético de alguns negros brasileiros famosos (entenda como a testagem acorre aqui).

Os resultados tem sido muito interessantes. A camiseta amarela aí de cima, por exemplo, serviria exatamente para o Neguinho da Beija-Flor! A maior parte dos genes do Neguinho é branquinha!

O que nos faz pensar. Técnicas como esta facilitariam (ou dificultariam) uma barbaridade o ingresso na universidade pelo sistema de cotas. Caso, é claro, abríssemos mão do sujetivo fenótipo pelo objetivo genótipo, o que deixaria muito Neguinho e negão de fora.

E como seria o perfil genético de outros famosos? Aposto que a parte européia da Glória Maria é o cabelo, com aquela horrível chapinha de sempre. E fico sentindo falta do contrário. Qual é a porcentagem negra do Alemão do BBB? E do branquelo do Tiago Lacerda?

Todos guardamos em nós mesmos a diversificada ancestralidade intercontinental do brasileiro. Além de guardarmos também muitos genes em comum com a maioria das espécies animais vivas. O que nos torna necessariamente parentes de todo mundo e de todo o mundo. E olha que São Francisco de Assis já chamava todos de irmãos bem antes do Mendel entrar para a sua congregação…

Tomara que, mais fácil do que tolerar nossas diferenças, seja agora acolher nossa igualdade.

Anúncios

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.