por que não sou vegetariano

2, julho 02-03:00 2007 às 3:01 pm | Publicado em cotidiano | 20 Comentários

horacio.jpg

Horácio, o T-Rex vegetariano do Maurício

 

Existe uma razão para que não me torne vegetariano: para não ser um chato.

Longe de mim julgar o humor da nobre comunidade que opta por não consumir carne. Mas como os mais importantes rituais sociais ocorrem em volta de uma mesa e considerando que a maioria da população é onívora – ou seja, come de tudo, inclusive (ou principalmente) carne – é esperado um certo incômodo entre convidados e anfitriões, esteja o vegetariano em qualquer lado. Incômodo este que pode ser muito mal interpretado num aniversário, churrasco entre amigos, festa de casamento e afins: ninguém quer passar ou deixar o outro com fome. Uma possível conclusão pode ser o afastamento social. Uma leve repulsa? Enfim, um chatice.

No mais, creio que os vegetarianos tem razão. Como se pode constatar em qualquer um dos incontáveis sites sobre vegetarianismo, há boas razões para abster-se de carne:

  • É ecológico.

A pecuária é, provavelmente, a maior responsável por grande parte do desmatamento dos biomas brasileiros (já acabou com o cerrado e hoje acaba com a Amazônia, por exemplo). Não bastasse, contribui enormemente para a escassez dos recursos hídricos (usando e poluindo muita água) e para a poluição do ar (os gases que saem pela frente e por trás dos bois poluem mais que os automóveis). Pudera, a população bovina hoje já supera a população humana no Brasil.

  • É saudável

Dificilmente alguém que tenha o mínimo de dinheiro hoje tem problemas com proteínas. Mas muita gente tem problemas com o colesterol. Come-se muito mais carne do que é necessário e a redução (ou eliminação com uma boa reposição nutricional) não faria mal a ninguém, ao contrário. É notável o quanto a digestão de uma refeição sem carne é muito mais fácil e leve, enquanto que uma digestão dominical típica tende conduzir arrotos de carne com coca-cola até o fim do dia.

  • Não é cruel

Todo mundo sabe o quanto os animais sofrem antes de chegar ao prato. Mas o que os olhos não vêem, o coração não sente. Contudo a reação é muito diferente quando se visita um matadouro ou uma criação de aves em larga escala ou mesmo quando se assiste a um dos sanguinolentos vídeos vegetarianos. Infelizmente nem todo frango é caipira e nem toda vaca é mimosa.

  • É econômico

O que pesa mais no bolso, um quilo de alcatra ou um quilo de banana?

  • É higiênico

Um vegetariano não fica com um pedaço de carne entre os dentes o dia todo. Mas também depois não sente o sabor dessa sobremesa extra (ught!, desculpe não resisti à piada).

lisa-simpson-3.jpg

Lisa, a Simpson vegetariana do Groenning.

Por essas e por outras reduzi bastante meu consumo de carne. Em casa entra só uma carne moída muito de vez em quando. Nos almoços de buffet vai muita salada e um peixinho no máximo.

Mas, longe de ser chato, não quero afastar amizades. Se me convidar para um churrasco, eu vou. Não vou deixar de comer um pão com lingüiça, não quero fazer cara feia pra ninguém (cara feia pra mim é fome). Mas vou caprichar mesmo é na salada.

Anúncios

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.