e a poesia pelos meandros

11, março 11UTC 2008 às 8:04 am | Publicado em meandros | 2 Comentários
.
42-19125092.jpg
.
antes, quando a poesia me invadia
era aquela eufórica alegria

agora me largo quieto
sentado à beira do rio

transcorre em silêncio a água
e a poesia pelos meandros

Carlos Dala Stella

2 Comentários »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. Olá,

    gostei da ilustração a meu poema. Gostaria, no entanto, que vocês fizessem uma correção no 5° verso: é TRANSCORRE e não trascorrer.

    Obrigado
    Carlos Dala Stella

  2. Ok! Correção feita.

    A fonte em que busquei estava errada:
    http://www.revista.agulha.nom.br/cdstella.html

    Abraço!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: