alfabetização solidária?

12, março 12UTC 2008 às 7:36 am | Publicado em educação | 6 Comentários

mafalda.jpg

A inesquecível Mafalda, do genial Quino.

Tenho lido e ouvido algumas expressões com freqüência. Os ecologistas ressaltam a importância de uma alfabetização ecológica. Cientistas destacam a necessidade de uma alfabetização científica. Economistas não entendem como até hoje não se deu o devido valor a uma alfabetização financeira. E por aí vai.

Sem entrar no mérito destas áreas, é curioso como as várias áreas do conhecimento querem resgatar seu BE-A-BÁ. Enquanto que a própria alfabetização (este é outro discurso bastante comum) não se contenta em ser apenas alfabetização. Precisa ser alfabetização e letramento.

Engraçado como vez por outra sempre aparecem projetos de lei incluindo no currículo do Ensino Fundamental disciplinas como “Introdução à Ecologia“, “Trânsito” ou “Educação Financeira”. Os vereadores/deputados podem estar muito bem intencionados, mas não conhecem nada de Educação: os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN´s) já estabelecem faz algum tempo os temas transversais, ou seja, temas de relevância social e científica que não devem estar atrelados a uma única disciplina, mas trabalhados em conjuto.

Quais sejam:

  • Ética (Respeito Mútuo, Justiça, Diálogo, Solidariedade);
  • Orientação Sexual (Corpo: Matriz da sexualidade, relações de gênero, prevenções das doenças sexualmente Transmissíveis) ;
  • Meio Ambiente (Os ciclos da natureza, sociedade e meio ambiente, manejo e conservação ambiental) ;
  • Saúde (autocuidado, vida coletiva);
  • Pluralidade Cultural (Pluralidade Cultural e a Vida das Crianças no Brasil, constituição da pluralidade cultural no Brasil, o Ser Humano como agente social e produtor de cultura, Pluralidade Cultural e Cidadania) e
  • Trabalho e Consumo (Relações de Trabalho; Trabalho, Consumo, Meio Ambiente e Saúde; Consumo, Meios de Comunicação de Massas, Publicidade e Vendas; Direitos Humanos, Cidadania).

Os PCN´s sugerem também temas locais como “Trabalho” e “Orientação para o Trânsito”. Ou seja, todos os temas citados anteriormente poderiam -e deveriam- já ser trabalhados interdisciplinarmente. Ou mesmo nas próprias disciplinas de afinidade. Matemática financeira não é matemática? Alfabetização científica não faz parte de Ciências?

Todo mundo fala que o futuro está na Educação. Pois bem, que ela seja bem feita. Sem precisar de adendos ou terminologias novas para dizer a mesma coisa.

6 Comentários »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. O pleonasmo da redundância. Reduntande.

  2. Redundante*

  3. Então…

    Eu que o diga sobre esse assunto !!!

    As pressões existem de todos os lados… e olha que tem alguns “pedabobos” ou “pedagogentos” que incentivam tudo isto!

    Tirando essa de “alfabetização e letramento” o MEC tá tentando focar naquilo que é mais óbvio para o ensino dos anos iniciais (e de toda educação tmabém seria) “ler, escrever, interpretar, calcular e resolver situações problemas”.

    No mais… sinto saudade do bom analista de bagé… que resolveria toda essa “viadagem pedagógica” com um belo joelhaço !!!!

    Até mais guri !

  4. Dae Le… acabei de chegar do concurso para profs de São José e usaram exatamente a mesma tirinha para a mesma analise (alfabetização e letramento)…

  5. Angelo, pode ser também uma redundância pleonástica.

    Márcio, creio que a Pedagogia tem muito a contribuir nisso tudo. Só precisa fugir de certos modismos (que são as coisas mais comuns que existem nesta e em outras áreas) e conhecer melhor a história da Educação. O que é novidade hoje, bem procuradinho, os gregos já diziam lá no tempo do epa.

    Frã, acho que o pessoal que faz os concursos de São José lê os meandros, hehehe. Na verdade, talvez esta seja uma das tirinhas mais famosas do Quino!

    Abraços a todos!!!

  6. Então…

    Não quis dizer que a pedagogia não é importante… muito pelo contrário… ela é fundamental !!! Entretanto, muitos pedagogos e pedagogas têm caído em uma imensidão de coisas futeis, modismos, superficialidades e uma falta imensa de leituras mais apuradas e de uma vivência cultural mais intensa!!!

    Chegou até ao cúmulo… um amigo nosso recebeu de uma pedagoga um livro de auto-ajuda (desses que se compra no supermercado e que ficam ao lado das prateleiras de produtos de higiene pessoal) para utilizar nas aulas com seus aluninhos queridos !!!

    Só falta ela achar que Sócrates ainda joga em algum time brasileiro e que Piaget se fala “Piagête” !!!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: