como baixar um filme na tela do cinema

18, agosto 18UTC 2008 às 10:41 pm | Publicado em curitiba | 2 Comentários

A internet tem me saído melhor que encomenda (na verdade se tivesse que encomendar algo com a internet, não conseguiria imaginar nada além dos e-mais e de jogos online). A última coisa maravilhosa que está aparecendo (e que parece ter um futuro promissor) chama-se MovieMobz. Tem sido chamado de orkut do cinema, mas é muito mais do que isso.

O site une seus membros em torno de filmes digitais de interesse comum. Assim que há quorum suficiente para fechar uma sala de cinema, fecha-se a sala de cinema e o filme é exibido no mundo real. Quanto mais gente participa, mais barata fica a sessão agendada. (A explicação detalhada de como a coisa funciona está muito bem aqui.)

Em tempos de DVD pirata e downloads velozes, uma saída interessante para salvar a telona da queda generalizada de bilheteria trazendo um dos maiores vilões (a internet, que consegue muitas vezes ser mais rápida que as cópias em estréia) como aliado.

E, de quebra, permite o encontro pessoal físico na nossa realidade cada vez mais virtual e a volta em cartaz de algum filme que, no máximo, poderiam ser visto em uma tela plana ou em uma amostra de cinema alternativa.

E é por isso que gosto da internet! Graças ao MovieMobz vou poder assistir no cinema Persépolis que, embora eu estivesse louvo para assistir,  ficou só uma semana em cartaz e, perdendo a chance, já estava conformado. É a primeira sessão do site em Curitiba, a acontecer amanhã no Unibanco Arteplex.

Alguém duvida que isto é melhor que download?

2 Comentários »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. Olá,

    Tudo bem?

    Eu também adorei a iniciativa da Moviemobz e já assisti aqui no RJ vários filmes em sessões mobilizadas: Diário dos Mortos, do Romero, e Sympathy for the Devil, do Godard, entre outros.

    Como foi a sessão de Persepolis em Curitiba? Você espalhou a notícia para amigos cinéfilos?

    Acho que nós, cinéfilos, só temos a ganhar com isso. E devemos fazer com que o boca-a-boca se espalhe.

    Um abraço.

  2. Então, Luiz, a sessão foi muito bacana. Tinha umas 50 pessoas (bem mais que as mobilizadas só na comunidade, que eram 29) e não havia anuncio nenhum no cinema.

    E, além do filme ser ótimo e estar a altura da HQ, o clima foi bem diferente na sala, muito diferente de uma sessão normal. Antes e depois olhares para procurar conhecidos, um ar de compartilhamento geral no ar.

    Que venham os próximos filmes!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: