muito além da monitoria

10, novembro 10UTC 2009 às 11:24 am | Publicado em histórias verídicas que realmente aconteceram | 14 Comentários

rodrigo

– Ô professor, tem vaga para monitoria em Estatística?

– Vaga tem, mas não estava pensando em abrir seleção este ano… ué, por quê? Você quer ser monitor?

– Isso.

– Ô Rodrigo, mas por que você inventou de querer ser monitor, ainda mais de Estatística?

– Ah, porque eu acho que vai ser legal!

.

Fiz uma seleção proforme cujo único candidato era o Rodrigo. Obviamente ele passou  e assumiu seu papel de monitor no mesmo dia. Incrível ver o seu prazer em auxiliar os colegas no laboratório ou em ajudar a corrigir as provas. Ou como tornava as coisas ainda mais divertidas: durante a execução da prova, foi ele que tomou a iniciativa de, entre uma olhada e outra nos probandos, jogar na internet comigo o “Roda a Roda” do Silvio Santos no computador do fundo do laboratório.

.

– Ô professor, eu falo pra todo mundo e é verdade. Eu queria ser como você.

– Ah, pare, Rodrigo.

– Sim, você é engraçado, sabe muita coisa, é gente boa. Se fosse professor, queria ser igual você.

– Você também é gente boa.. mas sem viadagem, né?

– Hehe, claro. Mas eu gosto de você.

– Legal, Rodrigo, mas sem a parte da viadagem, então…

.

É difícil receber um elogio tão direto e, na defesa, fica fácil recorrer para uma brincadeira. Ainda mais com alguém que está sempre sorrindo e o clima de bom humor predomina. Lembro bem da última aula onde o Rodrigo estava verdadeiramente feliz por ter encontrado dados relevantes na pesquisa sobre a influência do Sudoku na inteligência de universitários e da alegria na corrida em dar justificativa à namorada que ficava de olho nas outras meninas que ele auxiliava no laboratório. Aliás, dava para sentir a felicidade do casal, o quanto um estava fazendo bem para o outro.

Rodrigo foi atropelado no domingo e faleceu hoje pela manhã. Tão cedo não vou encontrar monitor que tenha tanto prazer um axiliar alguém a calcular uma correlação, tão cedo a faculdade não vai encontrar aluno tão envolvido, tão cedo os amigos não vão encontrar alguém tão popular.

Rodrigo, também gosto muito de você!

Mas sem a parte da viadagem, claro.

 

Anúncios

14 Comentários »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. Leandro , professor , bonita homenagem para ele. Me fez ir as lagrimas e isso não é algo muito facil.

    Ele dizia com o maior orgulho do mundo que ajudava voce nas aulas e que se espelhava em ti.

    Um abraço e muita força para nós nessa hora tão dificil.

  2. O que mais doi é saber que ele se foi tão cedo, com um futuro tão brilhante que o esperava, na melhor fase de sua vida aonde s realizou no amor, monitorando aulas com o vc professor, que ele sempre deixou bem claro o quanto o admirava!
    Sentiremos muitas saudades…

  3. Incrivel… é como se eu pudesse ouvir a voz do Rodrigo falando tudo isso… Que a alegria que ele tinha em viver, continue viva em cada um de nós….

  4. Que lindo….ele era realmente muito especial…
    a alegria, a simplicidade, o carinho, o sorriso singelo, vão fazer muito falta!

  5. Professor,

    Ainda não te conheço, mas pode ter certeza de que eu fiquei muito emocionado com o seu depoimento, com certeza vou guardá-lo para o resto da minha vida! Vou levar ele hoje para que todos vejam, pois isto me enche de orgulho e felicidade pelo meu irmão.
    Não tenho como agradecer tanto carinho e amizade.

  6. Embora a gente se encontrasse na Oficina eu não tinha muito contato com o Rodrigo. Mas o pouco que conheci dele me traz a certeza de isso já era o suficiente para reservá-lo um bom lugar além daqui.

    Muito bonito o texto, força aos familiares, namorada e amigos.

  7. Sua alegria é simplesmente inesquecivel….

  8. Tão cedo não conhecerei alguém tão puramente bom.

    • Ta ai um cara que vai fazer muita falta …

  9. Uma homenagem original, Leandro, com certeza. Tenho certeza de que ele leu e gostou. Tenho certeza de que ele está numa situação melhor que a nossa. Mas não vai ser fácil se acostumar com a ideia de não poder retribuir a amizade como antes.
    O Céu está em festa com o novo amigo, e nós só podemos agradecer pelo tempo que ele teve com a gente.

  10. Muito bonita a homenagem que você fez, Leandro.
    Consegui até ver a cena enquanto lia 🙂
    Somos sortudos por ter tido a oportunidade de viver ao lado de uma pessoa assim, que não tinha vergonha de dizer o quanto gostava e admirava os amigos.

  11. Surpreendeu-me muito o final desta história. Fiquei triste pelo final de tanta alegria.

    Sinto muito.

    (mas sem viadagem…)

    Um abraço

  12. Puxa, que triste.
    Mais um débito impagável do trânsito.

  13. Hummm linda historia……linda homenagem….


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: