a foz do meandros

6, junho 06UTC 2012 às 8:53 pm | Publicado em meandros | 3 Comentários
Tags:

Do Mario Moscatelli

Verdade seja dita, as águas do meandros já deixaram de rolar faz tempo. Faltava é coragem de admitir e oficialmente encerrar as atividades deste espaço.

Deixei muitos posts pela metade, muitas ideias de desenhos e textos que morreram na casca. Isto causava mais aflição do que a satisfação dos poucos bits publicados. Sinal de que é preciso parar.

Nestes 6 anos, este blogue gerou novos e consolidou velhos amigos. Este é seu grande mérito. Alguns posts também geraram boas discussões, alguns desenhos ilustraram camisetas, panfletos cicloativistas e até mesmo provas de filosofia. Foi uma alegria encontrar de vez em quando algumas ideias nascidas aqui citadas em palestras ou contextos muito diferentes. Embora modesto, o meandros teve um alcance maior do que o esperado.

Do Bennet.

A realidade offline neste momento da vida mostra-se imperativa. As redes sociais (na qual incluo a poderosa blogosfera) tomam o tempo não disponível e criam a (muitas vezes) falsa ilusão de produtividade.  Quero ficar na geração 1.0. Cometi orkuticídio cedo, nunca entrei no facebook e mantenho a conta no twitter só para registrar algumas sacadas e trocadilhos (na maioria autoria da minha mulher) e no skoob para organizar minhas leituras de lazer.

Do Liniers.

Quando as crianças crescerem, quando eu terminar o doutorado, quando minha carga horária diminuir, quando eu puder compor rocks rurais… talvez eu ressucite este blogue. Talvez com outro nome, outra proposta, outro formato ou, até mesmo, outro autor. Sabe-se lá para onde vai a água do rio quando encontra o mar.

Um grande obrigado para quem acompanhou até agora. Um sincero e forte abraço!

3 Comentários »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. Que pena que este rio chegou ao mar. Mas compreendemos o seu momento. Foi muito bom fazer parte dos leitores assíduos deste blogue. Esperamos que as ideias sejam organizadas e difundidas por outros meios como livros e nossas conversas.

  2. Que pena, primo. Tinha o hábito de, periodicamente, visitar seu blog — sempre muito interessante e inteligente. Sentirei falta dele, cara. Mas, vamos lá!!! Rio que segue! Fico no aguardo das “cenas dos próximos capítulos” e na esperança de um “VOLTEI!!”…. Vai que vai, não é? Abraço!!!

  3. é curioso pensar sobre a dimensão de tudo isso. ficar em terceiro lugar no prêmio meandros de sei lá quando foi minha maior conquista internetês. essa internet de condomínios fechados me assusta um pouco. os blogs éram mais anárquicos. meu blog também morreu mas optei por não enterá-lo. não tive essa coragem. boa sorte e até a próxima.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: